Friday, December 31, 2010

2011: Welcome to global entrepreneurs

Num contexto de falta de competitividade da economia portuguesa, visivel na balança comercial, Portugal precisa de repensar as suas vantagens competitivas no novo contexto económico.

Um mercado de reduzidas dimensões, ideal para uma estratégia de Country Concept (Zorrinho, Carlos 2008) e uma cultura de hospitalidade e tolerância religiosa, são a meu ver os condimentos base para o redesenho da competitividade nacional.

Muitos países estão a realizar "Call for projects" aos seus concidadãos, apoiando projectos de empreendedorismo e avaliando estratégias de reposicionamento económico.

Iniciativas que visam explorar o "conhecimento em rede", consequência da nova realidade tecnológica e social.

Mas acredito que poderemos ir mais longe: "Call for global entrepreneurs"
As nossas condições sociais permitem-nos projectar Portugal como um país de acolhimento de empreendedores globais.
Tal como já acontece no Algarve, onde muitos empreendedores ingleses e alemães escolhem o nosso país para residir, continuando a operar no mercado do seu país de origem.
É tempo de apostar na replicação deste modelo de desenvolvimento.

Saturday, December 18, 2010

Hard Skills + Soft Skills = Job

O desemprego está a crescer na faixa etária mais produtiva: dos 15 aos 30 anos.

É nesse periodo que somos capazes de ser genuinamente criativos e com isso, criar modelos disruptivos de negócio.

É simples a formula de sucesso em que tropecei, e serve de título a este post: A conjugação da formação formal com a experiência de vida, mesmo que ainda curta, permite compreender o equilibrio entre a vocação e a competência.

Não devemos ter receio em associar a nossa experiência rural ou no acompanhamento de colónias de férias com uma licenciatura em gestão ou em engenharia química. É nessa conjugação que encontramos o caminho!